sexta-feira, 30 de junho de 2017

Os segredos do coração

“Pois ele (Deus) conhece os segredos do coração!” (Salmo 44.21, NVI)
A Bíblia faz afirmações sobre Deus que frequentemente nos assustam. Essa afirmação do Salmo 44 é uma delas: Deus conhece os meus segredos, aquilo que procuro esconder dos outros, ou até de mim mesmo – seja um fato, seja um desejo, um sentimento ou qualquer coisa sobre mim que eu não queira que venha a ser conhecido. E temos muitos motivos para isso, por exemplo, vergonha e medo.

Até mesmo da pessoa mais próxima é possível esconder coisas que demorem a ser reveladas. Porém, diante de Deus essa é uma situação impossível. É impossível enganar Deus. Não há como nos esconder de Deus, nem mesmo esconder aquilo que está no mais íntimo de nosso ser, muito bem guardado.

O salmista aqui é um levita, da descendência de Corá, um clã organizado pelo rei Davi para cuidar da música no templo. Nesse poema, ele opõe aos triunfos do passado as humilhações do tempo presente, provavelmente uma derrota militar que colocou a nação numa situação difícil e vexatória. Na súplica que ele faz a Deus, lembra que eles permaneceram fiéis à aliança (v.17-22), e Deus poderia constatar essa verdade por conhecer os segredos do coração. Coração é o termo antropológico mais importante do Antigo Testamento (lēb e lēbāb). Segundo O. R. Brandon, o termo é usado no sentido psicológico como o centro da vida interior do homem, a fonte dos motivos, o centro das paixões, o âmago dos processos do pensamento, a fonte da consciência.

A Bíblia nos ensina que o conhecimento dessa verdade sobre Deus deve nos levar ao arrependimento (Sl 139. 23-24 e Hb 4.12-13) e ao louvor a Deus (Sl 139.17-18 e Rm 11.33-36). Além disso, não podemos nos esquecer de que essa revelação sobre Deus deve conduzir o seu povo ao descanso, à paz, à autoimagem apropriada, à confiança, uma vez que o Deus verdadeiro, que conhece todas as coisas, inclusive o nosso ser, enviou o seu Filho Amado, Jesus Cristo, para nos trazer reconciliação, e nos selou com o seu Santo Espírito para garantir a nossa redenção.


Ao Deus, que conhece os segredos do meu coração e é poderoso para me guardar de tropeços e me apresentar puro diante da sua glória, a Ele todo o louvor!
Enviar um comentário